2019- Encontros de Constelação Familiar
27/03/2019
Dinheiro e Liberdade
29/03/2019

Doenças, o que elas querem?

Nos últimos anos, a medicina vem pesquisando formas que nos permitam prestar atenção à dor sem deixar o stress e o sofrimento tomar conta. Vários métodos, técnicas e práticas estão sendo testados no mundo todo. Geralmente quando adoecemos a última coisa que queremos é olhar para a doença, muitas vezes não queremos nem pensar nela. Quando ela persiste, resistimos a ela de forma natural, dessa forma ficamos lutando contra, usando nossa energia tentando excluir algo que achamos ser ruim. Jung já dizia “Aquilo a que você resiste, persiste”

A melhor forma de lidar com a doença é encarando-a e percebendo qual sinal ela quer  passar. Para onde é preciso olhar. Segundo Bert Hellinger a doença quer nos dizer algo, ela nos leva sempre a algo ou alguém excluído do nosso sistema familiar. Bert diz que a doença não é algo pessoal, ela faz parte de todo o sistema. Às vezes ela pode ser uma benção, pois impede que o pior aconteça. Através da doença podemos trazer o amor de volta. A cura acontece quando algo se une dentro de nós.  Como lidamos com a doença é a chave para uma vida mais plena. Olhar para a dor com amor, pode permitir que algo muito difícil se transforme.

As doenças muitas vezes podem ser vista como psicossomáticas “uma vez que fatores emocionais influenciam todos os processos do corpo, através das vias nervosas humorais e que os fenômenos somáticos e psicológicos ocorrem no mesmo organismo e são apenas dois aspectos do mesmo processo” Alexander, Franz

A Organização Mundial de Saúde (OMS) define saúde como: “Um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não somente ausência de afecções e enfermidades”.   Bem- Estar como: Situação agradável do corpo e do espírito. Tranqüilidade, Conforto e Satisfação.

Esse olhar mais profundo e atual da saúde  aborda o ser humano de forma integrada, corpo- mente-alma.  Não podemos tratar a doença apenas no seu aspecto físico.

Na visão da espiritualidade, o Ser Humano é na sua natureza um Ser energético/espiritual, que habita um corpo físico. Alterações energéticas podem levar a alterações no corpo, com sintomas. E alterações no corpo podem resultar num desequilíbrio energético. Observe a imagem abaixo e veja  os tipos de corpos que temos segundo o espiritismo. As doenças podem estar em um desses corpos antes de chegar ao físico.

Percebemos quando a doença é de fundo emocional, sistêmico ou espiritual quando o diagnostico é de difícil compreensão, quando existem casos repetidos na família, quando o tratamento com medicamentos convencionais não apresentam melhoras.

Como você lida com as doenças?

  • Já lhe aconteceu ter dores e/ou alguns sintomas físicos e ao fazer exames médicos  não ter nenhum diagnóstico?
  • Já lhe aconteceu ter medo de ficar doente ou medo de ter alguma doença grave?
  • Já achou mesmo que tinha uma doença e depois de ir ao médico, este confirmou que não tinha nada, mas mesmo assim ter que procurar outros médicos porque sabia que tinha alguma coisa?
  • Quando adoece você costuma se perguntar o que pode estar ocorrendo de forma mais profunda?
  • Você consegue relacionar seus aspectos emocionais com a sua doença?
  • Consegue trazer amor e encarar a doença como algo a ser encarado e aprendido?
  • Fica se lamentando pelo motivo de estar doente?
  • Se sente orgulhoso de adoecer no lugar da sua mãe?
  • Toma remédios com freqüência?
  • Utiliza a doença para chamar atenção?
  • Sente-se uma vitima por estar doente?
  • Sente o desejo e tem força para lidar com a doença?

Se você tem uma doença, ou algo que se repete na sua vida que traz desarmonia no seu corpo, mente ou alma, e gostaria de olhar para isso com mais profundidade. A constelação familiar pode te ajudar com o  fluir do amor de volta. A doença quer que tenhamos saúde com mais profundidade.